Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma Caçadora

Diário de uma Caçadora

E que 2018 seja o nosso Ano!

Entramos num novo ano. Para trás ficam sorrisos, histórias para contar, momentos mais tristes, outros mais intensos, conversas longas e aprendizagens feitas... Tudo isso fez parte de 2017 e, sem dúvida, tornará a fazer parte deste novo ano.

Mas queremos mais... Queremos sempre mais! E por isso propomos, para nós próprios, que este será o ano. O ano da mudança, o ano em que iremos concretizar desejos outrora "adormecidos", o ano que será "o nosso ano".

Comemos as 12 passas e, simultaneamente, vamos pedindo os tais 12 desejos. Mais saúde, mais dinheiro, outro emprego, mais amor, viajens, mais exercício físico, uma melhor alimentação, etc., etc.

 

Segundo um estudo da Universidade de Scranton, 48% das pessoas fazem resoluções no início do ano, mas somente 8% dessas resoluções são cumpridas até ao final do ano.

Mas... Porque é que tal acontece? Porque é que nos propomos a várias metas e, na maior parte das vezes não conseguimos lá chegar?

 

Primeiro que tudo nós, seres humanos, somos feitos de hábitos. 40% das nossas rotinas são hábitos já enraizados. E se tivermos que mudar alguma coisa, será sempre difícil. Porque não estamos habituados, porque promove algum desconforto ou porque simplesmente não queremos assim tanto. 

A chave para o sucesso, para que consigamos realmente concretizar os 12 objetivos do ano novo, é somente uma: foco.

Se houver foco, então conseguiremos tudo aquilo que queremos. E o foco irá tornar aquilo que queremos num hábito...

 

Definir metas alcançáveis...

Delinear o plano para o conseguirmos fazer (se estou num patamar e quero chegar a outro, como irei fazer?)

Perceber que há metas em que chegamos mais rapidamente que outras... E que, por vezes, mais vale devagar e bem, do que depressa e mal...

Focarmo-nos! Foco, foco, foco! É essencial! O que queremos? Como iremos fazer? Do que precisamos? Porque vale a pena lutar e sacrificarmo-nos para lá chegar? 

"Será que vou conseguir?" - Este é um dos pensamentos mais errados, que nos levam à desmotivação e a desacreditarmos em nós próprios. Estas distorções cognitivas só nos prejudicam, e temos de invertê-las em pensamentos e crenças positivas: "Claro que vou conseguir". Este é o pensamento e o lema para 2018! Nós conseguimos tudo o que queremos!

 

Confiem em vocês próprios! Confiem no poder que têm para conseguir alcançar todas as metas que querem. Confiem na vossa força mental, na vossa coragem, na vossa garra e, acima de tudo, na vossa vontade de querer.

 

Querer que 2018 seja um ano fantástico, todos queremos... Mas... O que vamos fazer para que isso aconteça?

Sermos mais pacientes? Sermos mais tranquilos? Termos mais fé e vontade de viver? Sermos mais felizes? Sermos melhores naquilo que fazemos? Reconhecermo-nos a nós próprios e fazer com que os outros nos reconheçam?

O que queremos nós afinal?

Continuar a ver a vida a passar ou viver a vida, até ao último segundo, com toda a garra e dedicação?

 

É isso que farei. E espero que o façam também... Ela é demasiado curta. Vamos aproveitá-la e vamos ser felizes, à nossa maneira, o que acham?

Pelo menos estou segura de uma coisa, sabemos ser felizes com muito pouco. A caça é a prova disso mesmo :)

 

Um Feliz 2018 para todos! Com muita felicidade à mistura...

ML.

 

esta.jpg