Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Os benefícios de ser Caçador

Todos os dias, após o toque dissonante do despertador, levantamo-nos da cama e começamos com a rotina. A rotina chata e imutável, que nos preenche o dia com stress, correrias e obrigações. Nestes cinco dias da semana (para muitos) em que o trabalho e os afazeres em casa nos sugam completamente, o pouco tempo livre que nos resta é utilizado para descansar ou para fazer uma ou outra coisa que já tinhamos agendado. 

Mas eis que surge o fim de semana. Aqueles dois dias que passam num ápice, mas que muitos conseguem aproveitar da melhor forma. Uns em centros comerciais, outros em casa a descansar, outros a passearem com as famílias pelas ruas das cidades, outros a verem filmes, etc. etc. 

Mas... Há um grupo de pessoas, os caçadores, que aproveitam os seus fins de semana de uma forma quase inexplicável. E quais são então os benefícios de ser Caçador?

Este é o primeiro deles todos. Aproveitar os fins de semana, aliás, aproveitar a vida, no seu expoente máximo; de uma forma única e inigualável. Sentir coisas e viver coisas que são impossíveis noutra forma de estar na vida. Ter amizades e sentir o verdadeiro companheirismo entre o ser humano. É estarmos quase à beira de um precipício e sentirmos que teremos sempre alguém para nos puxar.

 

 

É sentirmo-nos úteis. Sentirmos que temos quem dependa de nós. Temos muitos animais que dependem de nós e uma Natureza que precisa da nossa ajuda. É, como disse, sermos úteis, sairmos de casa e fazermos alguma coisa no terreno, e preocuparmo-nos constantemente com a fauna e a flora. Sentirmos, no fundo, que as coisas podem estar no bom caminho, graças a nós. E isso nunca nos deixará ter o sentimento de culpa que tantos nos querem impor.

 

Outro dos benefícios e quiçá um dos mais importantes: a saúde. Quer queiramos, quer não, andamos quilómetros e quilómetros, em terrenos que nem sempre são os melhores. Estamos em constante movimento e não somos sedentários. Nem física, nem mentalmente. Mentalmente (e fisicamente) respiramos ar puro. Repomos energias e todas as coisas más dissolvem-se, como por magia. Não há problemas, não há horas, não há stress nem rotinas. Todos os dias na vida de um caçador são dias novos, com aventuras que se descobrem e com conhecimentos que se vão adquirindo.

 

Rimos. Rimos muito. Choramos, que também faz bem à alma, quando assim tem de ser. 

Ser caçador interfere com o nosso coração, com as nossas emoções. A adrenalina constante, a felicidade ininterrupta, as palpitações já bem conhecidas por todos. Tudo isso nos permite viver e sentir que estamos vivos!

 

Desvantagens? Temo-las sempre, em tudo! Mas deixemo-las bem guardadas e para quem quiser falar disso. 

ML.

12278996_10153130405730685_7323752241483884688_n.j