Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Portugal é Campeão Europeu de Fosso Olímpico

Hoje é um dia muito feliz!

A seleção Nacional de Tiro com Armas de Caça em Fosso Olímpico sagrou-se campeã da Europa, esta quinta feira, em Baku (Azerbeijão).

Competiram por Portugal os atiradores João Paulo Azevedo, José Bruno e José Manuel Silva, conseguindo obter 351 pontos. 

João Paulo Azevedo foi o elemento com melhor pontuação (24, 24, 23, 24, 25), seguido por José Bruno Faria (23, 24, 24, 23 e 23) e José Manuel Silva (20, 23, 23, 23, 25).

A Croácia obteu um total de 350 pontos (2º lugar) e a República Checa de 348 pontos (3º lugar). 

 

Este campeonato reuniu 22 equipas, oriundas de vários países.

 

Deixem-me também dar ênfase ao Custódio Ezequiel, uma figura mítica da arte do tiro desportivo e, certamente, uma figura importantíssima para a obtenção deste título!

 

PARABÉNS!!!!! A todos! Obrigada por elevarem o nome de Portugal no mundo e, principalmente, nesta modalidade.

 

_______________________________________________________________________________________________

 

O que é a modalidade Fosso Olímpico?

O fosso olímpico é uma disciplina de tiro desportivo aos pratos, em que estes são lançados a uma distância de 76 (+ ou – 1m), por 15 máquinas (numeradas de 1 a 15, da esquerda para a direita) instaladas no interior de um fosso, cujo tecto está ao mesmo nível das 5 posições de tiro.
As 15 máquinas que lançam os pratos estão organizadas em cinco grupos de 3 máquinas.
À frente de cada posição de tiro, sobre o tecto do fosso, encontra-se pintada uma marca que indica a máquina central de cada grupo.

Os pratos são lançados à voz do atirador, por intermédio de um sistema de microfone eléctrico colocado à frente de cada posição de tiro (phono-pull).

Cada um dos microfones encontra-se ligado a um aparelho electrónico que fará a distribuição dos pratos por cada atirador, de modo a que no final de cada série de 25 pratos, todos tenham atirado aos mesmos pratos, embora por ordem aleatória.

 

ML.

 

20476200_825436040945882_1032641701806551695_n.jpg