Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Portugal e Espanha unem-se na gestão dos parques naturais de Xurés e Gerês

Espanha e Portugal chegaram a um acordo para gerir conjuntamente os parques naturais de Xurés (Galiza) e Gerês (Portugal). 

Segundo a notícia publicada na "La Voz de Galizia", esta é uma medida pioneira na Europa, com a criação do primeiro parque internacional entre fronteiras.

Esta decisão política e técnica, levará a uma gestão de 93.000 hectares destas áreas protegidas, entre Ourense e o norte de Portugal.

Contudo, há alguma polémica envolta nesta notícia. Se por um lado, é um facto que esta medida é muito importante na prevenção de incêndios em ambos os lados da fronteira, e na proteção da fauna e flora; por outro, há uma proposta que não é do agrado de todos - a reintrodução da cabra montês em território português.

Tal como aconteceu com a introdução da espécie em território francês, o setor turístico e cinegético espanhol não aceitou de bom agrado esta decisão, alegando que desta forma esta espécie deixará de estar exclusivamente em território espanhol. Muitos caçadores estrangeiros iam a Espanha exclusivamente para caçar este animal e, desta forma, poderão existir algumas modificações no turismo cinegético espanhol.

 

(Notícia retirada do site Jara Y Sedal, 08 Agosto 2017)

 

cabras-monteses-edit.jpg