Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Taxa no chumbo e o fim da Caça?

Muitos dizem que os portugueses são uns insatisfeitos por natureza. Nunca nada está bem; tudo é visto de forma negativa, tudo tem um lado sombrio... Talvez os Senhores Políticos estejam também habituados a este discurso e, por tal motivo, pensam que podem conduzir as marionetas (o povo) da forma que querem. E nós, povo que tanto fala mas pouco faz, deixamo-nos ser comandados por quem quer comandar. Podemos protestar, mostrar o nosso desagrado, ficarmos profundamente ofendidos; mas no fim os manuseadores de marionetas conseguem sempre um final feliz (para eles, claro).

 

Isto vem a propósito do novo imposto sobre as munições, aprovado no Orçamento de Estado; em que a contribuição de mais 2 cêntimos por cada munição aplica-se aos "produtores ou importadores de munições com sede ou estabelecimento estável no território de Portugal continental, bem como os adquirentes de munições a fornecedores com sede ou estabelecimento estável noutro Estado-membro da União Europeia ou nas regiões autónomas".

 

Eles decidiram! Nós iremos arcar com isto. Sem mais nem menos. Manifestando apenas o nosso desagrado nas redes sociais, em comunicados que não levam a nada ou simplesmente falando uns com os outros. O descontentamento é geral, como todos sabem e a cada dia que passa estas marionetas, que somos nós, estão mais cansadas e decepcionadas.

 

Agora vamos por partes Senhores Governantes. Estamos num país livre e democrático, em que a igualdade para todos impera, tal como um certo partido político anuncia nos seus cartazes, colocados em vários pontos do país. Então vamos debater sobre essa tal igualdade. Igualdade para trabalhadores rurais e trabalhadores citadinos, haverá? Igualdade para caçadores e para não caçadores, haverá? Certamente que não! Porque é que nos sacrificam assim tanto, Senhores Governantes? Será algum ódio de estimação criado outrora? Ou será que a palavra caça e caçadores vos dê tanta comichão que têm de fazer tudo para acabar com a mesma? 

 

Mas aqui uma das vossas marionetas, que por acaso até é caçadora, vai-vos explicar uma coisa. Acabar com a caça talvez não seja assim tão benéfico, como pensam! E sabem porquê? Porque há muita coisa envolvida. 

Mas vejamos: 2 cêntimos por cada cartucho; 50 cêntimos por cada caixa e mihares e milhares de euros a mais (e tudo isto "apenas" por 2 cêntimos). Então vou admitir-vos. Conseguiram! Com isto muitos caçadores vão desistir, é certo. Parabéns! Mais uma medida que deu certo. Mas não se esqueçam das consequências. E repito: acabar com a caça talvez não seja assim tão benéfico, como pensam. E sabem porquê? Porque há muita coisa envolvida:

 

1) Há milhares e milhares de portugueses com ligações à caça, direta ou indiretamente. Caçadores, proprietários de terras, agricultores, lavradores, rendeiros, proprietários de animais, viticultores, silvicultores, toureiros, ganadeiros, forcados, armeiros, empregados de restaurantes e hotéis, seguros, famílias de todas estas classes que enumerei...  Acabam com a caça e quiçá algumas das marionetas se revoltem a sério. E quiçá também a revolta seja dura. Garanto-vos que a minoria que quer acabar com a caça sairá derrotada e todos sabemos disso... 

2) "Igualdade para todos"; "início da honestidade"; "preocupamo-nos com as pessoas"... E blablabla... Ou será que falam a sério quando dizem estas frases que nos enchem a alma de esperança e motivação para fazer uma cruz num quadrado com o vosso nome? Talvez ficassem demasiado mal vistos (mais ainda, sim). Isso poderá levar com que saiam dos partidos, com que recebam menos regalias, com que a vossa qualidade de vida diminua.

Mas vamos às coisas mais importantes: 

3) A ciência é exata e ajuda-nos a perceber determinadas coisas. Com os vários estudos científicos feitos nesta área temos a consciência e as provas exatas que acabar com a caça levará à extinção de animais e destruição de habitats, pois não há uma gestão cinegética adequada;

4) Acabar com a caça levará à destruição de plantações, de terrenos, de outros animais, de vidas de agricultores que apenas têm o que semeiam. Há efetivamente predadores que conseguem destruir isso tudo, como é o caso do javali. Ainda vos digo mais: se não controlarem esta espécie, irão ter situações ainda mais graves, como começarem a invadir as cidades (como acontece em outros países) e a atacarem pessoas. Não me parece que isso seja a melhor solução, não é? Sem caçadores e controladores, não os conseguirão deter!

5) Acabar com a caça levará ao desemprego de milhares de pessoas. Sim, é verdade! Muitas pessoas estão empregadas devido à caça e a tudo o que a envolve. Os números do desemprego irão ser maiores... Bem maiores... Talvez a Troika também não gostasse disso...

6) Acabar com a caça levaria a que zonas do interior ficassem ainda mais desertificadas. E o nosso interior é tão bonito. Talvez não saibam, porque a vida citadina sobrepõe-se a tudo isso! Cidades sobrelotadas, campos desertificados... Será esse o futuro de Portugal?

7) Os incêndios este ano foram um caos para o nosso país... Os membros do governos foram apontados a dedo pela população. "Não querem saber"; "não cuidam das nossas florestas e do nosso território"; etc. etc. Sem uma gestão cinegética adequada, ou sem a caça, os incêndios terão tendência a multiplicar-se. Multiplicam-se, no mínimo, os estragos, os gastos que terão, as vidas que poderemos perder... 

7) Esta vossa medida fará com que os caçadores vão a Espanha, por exemplo, comprar cartuchos (assim como atiradores desportivos), onde estes são bem mais baratos. Aproveitam e metem gasolina, que é também mais barata... Quanto aos armeiros, talvez fechem mesmo as suas lojas, pois chegarão à conclusão que a corda não vai esticar mais. E vocês perdem mais dinheiro...Ainda mais...

 

E, se ao invés de tudo isto, ouvissem as marionetas que aqui estão dispostas a fazer tudo para que esta situação se inverta? Estas marionetas poderiam, por exemplo, ajudar-vos a que a economia crescesse substancialmente com a caça. Vocês não a têm aproveitado. A caça gerou 16 mil milhões de euros em toda a economia europeia. Portugal é assim tão diferente? Não tem potencial? 

Ouçam as marionetas intituladas de caçadores. Se tudo fosse bem feito, a caça gerava milhões de euros, pois o potencial é enorme e isso está estudado, como bem sabem.

Nós temos os ingredientes necessários para que vocês façam a receita que dará de comer a muita gente e tornará muitas das marionetas felizes e contentes! Mas, sobretudo, que fará com que a nossa fauna e flora não sejam abandonadas, esquecidas e desprezadas. Porque sem os caçadores, o nosso Portugal rural acabará, com toda a certeza.

ML.

14237583_1695536147436141_4694852201705297620_n.jp

 

8 comentários

Comentar post