Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Diário de uma Caçadora

Para entenderem a minha loucura precisam, primeiro, de conhecer a minha paixão. Quero mostrar que a minha paixão é muito mais do que o simples acto de matar... Que a minha paixão é uma forma de estar na vida!

Uma família muito moderna (ou não)!

A palavra Família é uma palavra com um significado imenso. No dicionário, lê-se: "designa-se por família o conjunto de pessoas que possuem grau de parentesco entre si e vivem na mesma casa formando um lar"; mas no nosso íntimo, sabemos que esta palavra quer dizer mais... Muito mais...

Contudo, e relativamente à palavra Família, creio que há um conflito de gerações instaurado na nossa sociedade; de um lado os nossos avós e pais que vêm a palavra Família como algo extremamente importante; e, por outro lado, os jovens dos dias de hoje, que têm a palavra Família quiçá como apenas mais uma no seu vocabulário.

 

A transmissão de valores e a educação são fulcrais para o bom desenvolvimento psico-emocional da criança; no entanto isso nem sempre é feito da melhor forma. Senão vejamos: hoje em dia andamos sempre em stress e sem tempo para nada.

Então qual a melhor forma de entreter a criança, enquanto nos despachamos? Dar-lhe um tablet com jogos. 

Qual a melhor forma da criança parar de fazer birras? Com um telemóvel.

Qual a melhor forma de recompensar a criança pelo seu comportamento positivo? Dando-lhe o computador ou o telemóvel.

 

E portanto a educação gira em torno das novas tecnologias, muitas vezes por "imposição" da sociedade em que estamos inseridos. Porque se o menino não souber jogar no telemóvel já é diferente e isso poderá ter consequências no futuro.

 

Compreendo isso perfeitamente. No mundo louco do dia a dia, tendemos sempre a ir pelo caminho mais fácil... Mas... E como faziam há 60 anos atrás? Em que não tínhamos crianças tão mal educadas, crianças que só se preocupam com os jogos de telemóvel e computador... Faziam como se calhar faz esta família que vos apresento hoje... Em que o tempo em Família é bem mais importante que o tempo gasto em jogos e internet...

 

Gosto especialmente desta família! Comparo-os um bocadinho à minha família e à forma como nos educaram. Esta família tem 3 meninas, umas mais crescidas que outras; mas quando olhamos para eles sentimos que há uma alegria e uma felicidade diferentes das outras famílias.

Esta é uma família onde não há telemóveis e computadores constantemente. É uma família de um meio mais rural, uma família que está habituada ao campo e aos animais.

As miúdas adoram animais, assim como os seus pais. Todos os dias convivem com eles, seja com os seus cães, os gatos; ou mesmo quando o pai as leva ao campo.

 

Os fins de semana não são passados em centros comercias, em parques de crianças ou em casa a ver televisão.

Os fins de semana desta família são passado no campo, a cuidar da natureza e dos animais. Os pais incentivam-nas a conhecerem o lado puro e livre da vida. Os pais incentivam-nas a aprenderem uma série de técnicas e habilidades que, de outra forma, seria impossível. Os pais transmitem-lhes valores, tal como a preocupação com o meio ambiente; a preocupação com o próximo; a importância de cuidarmos daquilo que não é nosso, nomeadamente a natureza e os animais que nela habitam; a importância de sermos generosos e sensíveis e, principalmente, transmitem-lhes a realidade; sem fundamentalismos nem extremismos.

 

Quando chega a Sábado, a primeira coisa que elas fazem é pedir ao pai para as levar ao campo. Querem ver se as perdizes e os javalis já comeram o milho todo que tinham colocado. Querem ver se encontram alguma lebre bebé na cama, agora nesta altura. Querem sempre ver imensas coisas, e a alegria é contagiante!

Esta é uma família diferente, mas feliz! Livre!

Uma família que ajuda a natureza e os animais, sem pedir nada em troca!

Uma família em que comem o peixe que o pai traz para casa e a carne que o pai caça nos dias em que é permitido...

Pois... O pai é caçador! E trata dos animais e da natureza...

ML.

 

Foto de Manuela Completo.

 Foto de Manuela Completo.

15825852_1465492486824209_928254536626872764_n.jpg

 Foto de Manuela Completo.Foto de Manuela Completo.Foto de Valter Ferreira.

3 comentários

Comentar post