Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma Caçadora

Diário de uma Caçadora

Botas Zamberlan

Uma das coisas que mais prezo, enquanto caço, é sentir-me confortável, principalmente, com o calçado. Já basta tudo aquilo que temos de levar e carregar.

No início, optei por umas botas mais baratas, de uma marca menos conceituada. Com os quilómetros que faço, muitas vezes em matos duros e difíceis, depressa se estragaram.

Pensei que teria de investir numa boa marca, para que me durassem mais tempo. Optei por uma renomada no mercado. Eram umas botas pesadas, mas que me davam muita estabilidade enquanto andava. Contudo, ao fim de pouco tempo, começaram a romper-se. Nada que me impedisse de as usar mas, esteticamente, notava-se. E começavam a ficar mais "frágeis".

 

Decidi apostar numa outra marca. Para nós, caçadores, por vezes é difícil escolher, porque a oferta começa a ser muita. Mas já tinha ouvido falar da Zamberlan, uma marca italiana, que só se dedicava a produzir calçado para a caça e desportos ao ar livre. 

Falei com algumas pessoas e cheguei ao representante da marca em Portugal, que me explicou os benefícios e vantagens da mesma.

 

Decidi que iria então experimentar a Zamberlan. Os modelos são imensos, e a escolha tornou-se ainda mais difícil. Mas optei por umas botas confortáveis que, ao mesmo tempo, fossem leves, contrariando o que tinha usado até então.

E eis que vejo estas botas e me apaixono no primeiro instante.

 

26855837_10155033559085685_1748918422_n.png

Fui ao site da Zamberlan, onde todas as suas caraterísticas estavam descritas. Pouco percebia, sinceramente, mas houve quatro coisas que me chamaram a atenção. Para além de serem esteticamente bonitas, dizia que eram macias, com uma grande durabilidade; e com Gore Tex e plataforma Vibram, para uma excelente aderência. Pronto, não precisava nada mais que isto.

 

Falei com a Loja Amster, quem vende a marca em Portugal e prontamente se disponibilizaram para enviar o produto, que chegou em menos de dois dias. 

 

Quando as abri, fiquei maravilhada. Mas quando as usei pela primeira vez no terreno, a sensação foi ainda melhor. E eu notei bastante mesmo por isto; porque antigamente usava uma bota alta, muito pesada; e agora tinha uma bota completamente diferente; como da "noite para o dia". E realmente essa diferença levou a que as minhas caminhadas entre montes e vales se fizessem de forma mais leve e confortável. 

 

Para além disso, depois de ir à água, ao passar ribeiras, continuaram impecáveis. (Nunca tive cuidado absolutamente nenhum com as botas; se tiver que passar uma ribeira passo; não dou um pulo, para as poupar).

 

26058098_10156141297819455_1381673792_n.jpg

Portanto, quis deixar-vos este meu exemplo, pois sei que o calçado é uma das ferramentas primordiais para um caçador. 

Para andarmos até aos nossos cães, quando estes fazem uma bruta paragem; para andarmos até à peça de caça; para andarmos a bater mato; ou simplesmente, para andarmos a disfrutar da vida, como quisermos e como nos sentirmos melhor...

Esta foi a minha escolha. 

ML.

26794230_10155033579395685_1113136405_n.jpg